ÚLTIMOS DIAS DE QUARTEL

Paulo Aguiar
Em
10/01/88

Passaram-se horas
Passaram-se dias
O verde em meu corpo
Causava agonia
E a baixa esperada
Na cabeça vazia
Já desesperada
Minha alma gemia
E os que engajavam
Já comemoravam
A vida ali
Era o que eles sonhavam
Mandar em alguém
Não amar ninguém
Mas o que eu queria
Era adeus, passar bem
Voltar para casa
Rever os amigos
Não fazer pirraças
Por não ter castigos
Passaram-se noites
Tão quentes e frias
Eu fui sentinela
Em casas vazias
 
                           
HOME PAGE